Daikin Brasil Brasil

Menu

26.mar.2022 / PARA EMPRESAS

Quem não gosta de entrar em uma loja ou escritório fresquinho no verão ou chegar em um ambiente quentinho no inverno? Ou você nunca preferiu ir a uma loja climatizada dentro de um shopping a ir em um estabelecimento de rua sem climatização em pleno calor brasileiro? Escolher o ar-condicionado para o seu negócio é bem importante, veja a seguir o que levar em consideração para escolher o ar-condicionado ideal para empresas.

Um aparelho de ar-condicionado para o comércio ou escritório deixou de ser luxo para ser necessidade em diversas situações. O conforto térmico é imprescindível para produtividade, qualidade de atendimento e até saúde das pessoas que o frequentam. Quem trabalha em escritórios, pode aumentar a produtividade e o conforto da sua equipe. Já quem trabalha no comércio sabe o diferencial que é para o cliente entrar em um ambiente climatizado.

 

Vamos lá, antes de tudo fique atento as regulamentações

 

Para completo conforto térmico a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, orienta que a temperatura ideal deve estar entre 23°C e 26°C no verão e 20°C e 22°C no inverno. Essa recomendação é para locais públicos de uso coletivo e foi determinada com base em estudos que evidenciaram o conforto térmico nessas temperaturas.

Além disso, a Anvisa determina também a necessidade de renovação de ar contínua, a depender do tamanho do espaço e da quantidade de pessoas que circula por ele.  Um shopping center ou supermercado de grande porte e sem janelas precisa estar equipado com aparelhos que façam a renovação do ar e tenham um sistema de filtragem adequado para garantir a segurança de todos os frequentadores. Saiba mais nesse link os métodos de ventilação em ambientes comerciais.

A ABRAVA (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-Condicionado, Ventilação e Aquecimento) alerta ainda para a necessidade de estar em dia com o PMOC, o Planto de Manutenção, Operação e Controle para garantir que o sistema de climatização esteja higienizado.

 

Muito além da climatização, o ar-condicionado contribui para a qualidade do ar interior

 

É claro que um dos principais motivos para a procura de um aparelho de ar-condicionado é a climatização. Mas a qualidade do ar também depende de outros fatores.

A depender do tipo de filtro e purificador, os aparelhos de ar-condicionado podem reter a proliferação de bactérias, mofo, alérgenos e até vírus através do ar. Graças a essa filtragem e a climatização, até os ambientes hospitalares se tornam mais seguros, com baixa risco de contaminação pelo ar.

Os aparelhos Daikin utilizam filtros da AAF (American Air Filter), a maior fabricante de filtros do mundo. São diversos tipos de filtros tanto para equipamentos industriais, com finalidades bem específicas, quanto para aparelhos comerciais e residenciais. E, além da filtragem de partículas de poeiras, tem ação contra bactérias, odores e agentes alérgenos com as tecnologias Silver Ion e Apatitas de titânio.

A purificação do ar também influencia na boa qualidade do ar interior, um exemplo é a novíssima tecnologia Streamer. Com ela, é possível neutralizar e inativar ácaros, bactérias e até os vírus presentes no ar. Tecnologia essa que é eficaz inclusive com o novo Corona Vírus. A unidade Streamer é aplicável às unidades internas tipo cassete e dutos, tanto para as unidades VRV e SkyAir Daikin.

 

Consumo de energia

 

Bom, você sabe mais do que ninguém que o controle de gastos é imprescindível para a saúde financeira de uma empresa, e levar em consideração o consumo de energia do sistema de climatização para o seu negócio é essencial.

Adquirir aparelhos classe A na classificação do Inmetro e fazer comparativos entre os fabricantes, principalmente para os aparelhos mais potentes é tarefa imprescindível.

E já vamos te deixar uma dica, a Daikin tem os melhores índices de eficiência energética do mercado, se a sua escolha for um aparelho Daikin você já ganhou em economia de energia.

 

Sempre que possível, procure um profissional credenciado

 

A escolha de um sistema de ar-condicionado para seu negócio depende de muitas variáveis, como o tamanho e formato dos ambientes, fluxo de pessoas, número de aparelhos elétricos e eletrônicos funcionando dentro do ambiente, janelas, incidência de sol e o tipo de construção.

SEMPRE indicamos procurar um profissional em climatização credenciado para definir o modelo, potência e configurações ideais para seu negócio.

Porém, para você entender um pouco mais do assunto vamos apresentar possíveis soluções para seu ambiente. Falaremos bastante de potência medida em Btus/h. Cada ambiente precisa da quantidade certa de potência para climatizar bem, poupar energia e equipamento. Se você não sabe o que é Btu/h a gente explica, clique aqui.

 

Aparelhos recomendados e suas aplicações

 

1. Para pequenos espaços individuais

Ambientes comerciais pequenos com dimensões parecidas com residências e com baixo fluxo de pessoas, podem utilizar aparelhos de ar-condicionado splits residenciais. Por exemplo, pequenos salões de beleza, lojas de roupas, consultórios médicos e odontológicos, clínicas de fisioterapia e psicologia, pequenos escritórios, entre outros.

Em geral os splits tem potências que variam de 9.000 Btu/h a 32.000 Btu/h, mas se o ambiente precisar mais do que isso, o seu ambiente não é tão pequeno assim.

2. Para médios espaços individuais

Se o ambiente que você precisa climatizar necessita de mais de 32.000 Btu/h, como ambientes amplos tipo restaurantes, padarias, bares, lojas e comércio em geral, existem modelos mais potentes, como o SkyAir Daikin com evaporadoras Cassete Round Flow ou Duto.

Para esses ambientes a capacidade de refrigeração não é o principal fator a ser considerado. Muitas vezes um único equipamento de grande capacidade, que atende à carga térmica, pode pecar quanto à distribuição do ar. Um grande fluxo de ar em um único local pode gerar desconforto e deixar outras áreas sem a climatização correta. Por isso, uma boa distribuição de ar é fundamental, e para esses casos os aparelhos do tipo cassete Round Flow distribuem o ar para todos os lados.

Não sabe qual a potência que seu ambiente precisa? Você pode encontrar um especialista credenciado Daikin clicando aqui, ou fazer uma simulação do seu ambiente clicando aqui.

Agora, se você tem um negócio com vários ambientes e quer conectar várias evaporadoras em uma única condensadora, controlar todos por uma central ou precisa de mais potência, o próximo tópico é para você.

3. Ambiente múltiplos

Ambiente comerciais com espaços múltiplos, necessitam de equipamentos mais potentes que possibilitem a utilização de mais evaporadoras para uma única condensadora.

Precisa conectar até 5 ambientes

Se você quer conectar até 5 ambientes em uma única condensadora o Multi Split pode ser a solução. Ele permite que você use evaporadoras com potências de 9.000 a 24.000 Btus/h nos modelos Split, Cassetes e Dutos. A potência total da condensadora chega a 38.000 Btus/h. Neste caso você ganha espaço e economiza na instalação em comparação com a instalação de 5 Splits individuais.

Quer conectar até 6 ambientes

Neste caso o VRV Home Daikin seria o ideal. Ele funciona como o Multi Split, mas com a potência da condensadora maior, até 54.600 Btus/h. Ele também permite usar vários tipos de evaporadoras, e o grande diferencial é que você pode controlar todas as unidades pelo Smartfone, como uma central. Aliás, tanto o VRV Home quanto o Multi Split podem atender residências também.

Precisa climatizar de 6 até 12* ambientes

Se você precisa conectar mais de 6 ambientes, você precisará com certeza de um sistema VRV. Neste caso o VRV Fit seria indicado, aqui a potência já não é mais medida em Btus/h e sim em HP. Para você ter ideia, 1 HP equivale a 9.600 Btus/h e o VRV Fit vai até 12 HP, ou seja 115.200 Btu/h para serem distribuídos entre as unidades evaporadoras. *O número máximo de evaporadoras vai depender da soma das necessidades de cada ambiente e tipo de evaporadora indicada.  Em todos os sistemas VRV você pode usar 16 tipos que variam em até 96 modelos de evaporadoras, entre splits, cassetes, dutos, piso-teto e outras, a que melhor se adaptar para cada ambiente. E mais, o controle centralizado de automação multiplataforma que pode ser acessado de qualquer lugar que tenha internet.

Conectar até 64* ambientes

Neste caso existem aparelhos VRV maiores, como VRV Inova Daikin. Eles vão de 22Hp a 66Hp e podem conectar até 64 ambientes. *Além disso você pode conectar várias unidades VRV para climatizar ainda mais ambientes, como em grande um edifício comercial por exemplo. Aqui você centraliza todo controle em uma central de automação com diversas configurações, é bem completo.

4. Grandes Ambientes

Para climatizar grandes ambientes que não precisem de evaporadoras splits e cassetes, apenas dutos como grandes supermercados, auditórios, salas de telemarketing e até galpões de indústrias, a unidade Splitão Pack-G é a escolha certa. A potência aqui é medida em TR, cada TR equivale a 12.000 Btus/h, e esse modelo chega a 30TR. Seu controle também pode ser feito via smartphone.

 

A melhor escolha

 

São vários tipos de aplicações para vários tipos de ambientes e levando em consideração as regulamentações vigentes, a qualidade do ar (que depende da climatização, filtragem, purificação, e dos sistemas de ventilação), o consumo de energia, as características do seu ambiente e as orientações de um técnico credenciado, fica mais fácil fazer a melhor escolha do sistema de climatização para o seu negócio.

E se optar por um Daikin, leva o melhor da tecnologia e engenharia japonesas que garantem melhorias na qualidade do ar para seus colegas de trabalho e clientes, e ainda por cima, economia para sua empresa com a melhor eficiência energética do mercado.

 

Uma resposta para “Ar-condicionado ideal para empresas, o que levar em consideração?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *